Teka sintética ou natural: qual é a melhor para o seu barco?

Teka sintética ou natural: qual é a melhor para o seu barco?

Entenda quais são as diferenças entre elas e saiba como escolher a opção de piso mais adequada para embarcações

Quem é proprietário de barcos, iates e lanchas sabe como a escolha dos itens para revestimento e acabamento pode ser uma tarefa difícil. Isso ocorre porque sempre há o dilema de encontrar um produto que agrade na estética, mas também garanta conforto e segurança.

Como trata-se de uma área molhada e com exposição constante ao sol e ao calor, a escolha de um produto inadequado pode trazer muita dor de cabeça, como gastos excessivos, tempo de manutenção, entre outros.

No caso das opções de revestimento para piso, a grande dúvida fica entre a escolha de uma teka sintética ou de madeira natural. E é sobre isso que falaremos neste artigo, para você entender melhor a diferença entre elas e fazer a escolha certa na hora de instalar o piso da sua embarcação.

Diferenças entre teka sintética e teka natural

Teka é como ficou conhecido no setor náutico o piso utilizado nas áreas internas e externas das embarcações. Esse termo vem de Tectona Grandis, nome científico da árvore que é cortada para essa finalidade.

Por assemelhar-se muito ao aspecto visual da madeira, os pisos sintéticos também são chamados pelo mesmo nome. Vejamos quais são as principais características de cada um:

  • Teka natural: produzida com madeira natural impermeabilizada, pode ser instalada tanto na área interna quanto na externa, pois os produtos químicos utilizados permitem a exposição à umidade e ao calor.
  • Teka sintética: produzida 100% em PVC, oferece o mesmo aspecto e qualidade de acabamento da madeira natural. É aplicada diretamente na fibra do barco com uma fita adesiva de alta aderência e, por isso, é resistente ao calor e à umidade, o que garante a durabilidade do produto.

Benefícios e desvantagens de cada tipo de teka

Como vimos, os dois modelos oferecem a mesma qualidade e estética para a embarcação, tornando outros fatores mais importantes na hora de escolher entre cada uma delas. Separamos uma lista por item para facilitar essa comparação. 

  • Segurança: ambos os modelos são antiderrapantes, mas, por tratar-se de madeira, a teka natural apresenta risco de rachaduras e descolamento de algumas folhas, colocando em risco a segurança dos usuários. Nesse sentido, a teka sintética é mais segura, pois trata-se de material emborrachado.
  • Sustentabilidade: a utilização de madeira natural e os produtos químicos necessários para conservar o brilho e torná-la impermeável são nocivos ao meio ambiente. Algo que é dispensável na teka sintética.
  • Durabilidade: ambas têm boa durabilidade. A teka natural pode durar por mais de 15 anos, mas para isso exige muita manutenção. Por outro lado, a teka sintética tem maior durabilidade, pois o PVC tem proteção contra os efeitos dos raios UV, por isso o material não apodrece, não racha, não oxida e não mofa.
  • Maleabilidade: a teka sintética é vendida em rolo e, dessa forma, permite uma aplicação contínua em áreas não planas, algo que não ocorre com a madeira, que exige recortes e encaixes.
  • Manutenção: o quesito manutenção é um dos que mais chama a atenção pela diferença. Enquanto a teka sintética exige apenas limpeza com água e sabão neutro, a madeira natural precisa ser lixada a cada 6 meses (em média) e é necessário reaplicar o óleo para manter a impermeabilização. Além disso, como há rejunte entre as folhas de madeira, o cuidado na limpeza deve ser redobrado. Trata-se de uma manutenção muito maior, que exige tempo e gera mais gastos.
  • Peso: a teka sintética é aproximadamente 40% mais leve que a teka de madeira. Esse peso extra (somado ao peso da própria embarcação e dos demais materiais e móveis) exigirá mais do motor e pode, até mesmo, comprometer o desempenho no mar.
  • Custo-benefício: por fim, o item custo também é um que deve ser adicionado à lista. Tanto o produto em si quanto o processo de corte e instalação das madeiras elevam o valor da teka natural em relação à sintética. Outro custo que deve ser adicionado é o da manutenção. Muitos justificam esse gasto a mais devido à valorização do barco na hora da venda, mas não compensa se for calculado o valor adicional para instalar e manter ao longo dos anos de uso.

Já escolheu a teka ideal para o seu barco?

Agora que você viu as principais diferenças entre os tipos de teka, já sabe qual irá escolher para colocar no piso do seu barco?

A Kapazi Náutica trabalha com uma linha completa de opções de tekas sintéticas para o setor náutico, com diversificações de cores e desenhos, para que você possa deixar o piso do seu barco como sempre sonhou.

Se você ainda tem dúvidas sobre a qualidade do produto ou deseja conferir de perto para fazer uma compra segura, clique aqui para conhecer os nossos produtos e solicite uma amostra gratuita do modelo que você mais gostou!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s